Apresentação

marketing inteligente para pessoas e corporações inteligentes!
blog de um homem cidadão, pai, profissional e publicitário com orgulho, nunca "publisciputo"!
criações e produções independentes: marketing pleno, marketing 3º setor, planejamento e estratégia, propaganda e publicidade, eventos e assemelhados, facilitação, treinamento e desenvolvimento
32-99917.3000 - 98871.2455 - E-mail: webertmachado@gmail.com

sábado, janeiro 09, 2016

Pitacos de marketing 004: Ei, você aí, prepare-se para a realidade virtual! Está preparado?

video

Pitacos de marketing 004
* * * * *

Link do vídeo: Microsot Productivity Future Vision 2011
Ei, você aí, prepare-se para a realidade virtual! Está preparado?
Desde idos tempos, lá pelos 80-1990, estava eu na Agnelo Pacheco Criação & Propaganda (SP), e a velha máquina de escrever e composer IBM eletrônica foi substituída pelos servidores e primeiros terminais de PC's. A impressora da Agnelo e o servidor eram dois canhões, ocupavam uma área grande no centro da sala, 75 colaboradores à volta. Eram equipamentos um pouco grandes. Eu já vislumbrava e adiantava, àquela época, que tudo ia mudar profundamente nos próximas décadas. 
Lançamos, então, o primeiro gadget 'trambolho', celular Motorola para 10.000 inscritos na Telesp, a primeira 'Telesp Celular' do País. A fila para obter o aparelho era gigantesca e custavam uma nota preta. Ah, só funcionava para altos executivos, num médio raio além da Av. Paulista. Ah, velhos tempos... A campanha foi linda! Parabéns à Agnelo Pacheco! Nesta campanha, não participei direta ou indiretamente.
Aquele Motorola Flip precisava de 2 baterias x dia e ficava pesado nas nossas pastas 007. Era só o começo de uma nova era. A era dos 'trambolhos', dos 'gadgets'.
Uma pena é a ausência de consciência da sociedade com o lixo eletrônico desde sempre, ainda mais quando muitos desses gadgets têm fabricação com obsolescência programada, fabricados que são por empresas imorais e aéticas.
Logo depois, quando atuei na Horta Propaganda, minhas 'premonições' se aprofundaram quando navegávamos na Internet, em Windows 3.1 ou 95, com 56 Kbps via fone. Nem todo mundo tinha. Só grandes e médias corporações estavam antenadas, custava caro.
Era a primeira vez para tudo. Uma Internet lenta, pesada, incipiente, com milhões de pessoas ainda perdidas mundo afora tentando entender o que fazer com ela. Avançamos, e como avançamos. A rede hoje é uma benção, o maior portal de livre expressão e liberdade de pensamento que o ser humano já pode criar. Eternizou os livros!
Lembra-se, você aí, daquele chiado da rede quando o modem do PC disparava? A juventude de hoje nunca ouviu aquele chiado...
Venho da época do DOS com livros grandes cheios de orientações, cheios de Ctrl+K+C, Ctrl+P etc. e monitor de tela verde. Hoje, temos telas de TV's laminadas que se enrolam pra carregar debaixo do braço. O Bill Gates estava começando a enriquecer, depois da IBM negar seu projeto. Enfim, o computador era para todos nós, humanos. Estávamos virando "Os Jetsons", filme de infância que encheu minha mente de 'premonições', hoje, todas se realizando.
O nascimento da nanotologia, da microtrônica, do microscópio eletrônico, a descoberta do DNA, o entendimento profundo de novas energias e a mente fugaz dos seres humanos nos trouxeram até aqui, confirmando minhas previsões. Pena que não as escrevia à época para afirmar e confirmar meus entendimentos do que seria o futuro, o hoje!
Minhas 'visões'?! Eu apenas as discutia em rodas de bar com amigos, namoradas, nas salas de aula, nas rodas de bate-papo face-to-face. Ah, o face-to-face se tornou Facebook.
Mas hoje, eu escrevo o 'futuro', o futuro da realidade virtual, o futuro que está aí batendo na sua porta doido pra você jogar seu smartphone na lata do lixo eletrônico e trocá-lo por um relógio com cristais que energizam a energia no ar, na sua frente, na sua 'face', a tela da sua smartTV ou do seu smartphone. Em 77K.
Você sabia que a energia e as ondas são propulsionadas nos e através dos cristais?
Você sabia que antigamente (30 anos atrás), rádios e TV's tinham gigantescos cristais em seus transmissores para fazer chegar até você, na telinha ou no dial do seu rádio, imagens e sons?
Hoje, são tão pequenos, tão HDMI, 4K, USB 5.0, Intel i21 ou oito-core, e sei lá mais o quê que vem por aí...
Breve, muito breve, 5 anos no máximo (No Brasil, como sempre e infelizmente, em 10 ou 15 anos.), você terá um cristal no seu pulso (Poderoso e microtrônico, diga-se de passagem. Pra enxergá-lo, só no microscópio eletrônico). Ou no cérebro.
Ao seu lado, seja num simples relógio, ou em um óculos. A escolha é sua. Ou, se preferir, em um chip Intel instalado ao lado do seu cérebro. A escolha é sua, repito. Mas que você vai se virtualizar, ah, vai, isso vai!
Estamos virando robôs. Ou seremos a família "Jetsons"?!...
Prepare-se, o futuro está tocando seu smartphone, atenda-o: Alô!
Ou aperte o cristal do seu relógio digital e atenda em uma tela virtual na sua frente.
Ou continue tomando o bonde da história.
(Ah, o filme anexo é verdadeiro!).
Beijos no coração virtual.

Webert Machado é publicitário e executivo de marketing há 38 anos.

Nenhum comentário: